sexta-feira, 8 de maio de 2009

Desconexo.


Estou com vontade de me situar entre dois pontos cujo caminho seja certo e inevitável. Quando coloca-se a mão num objeto quente o único movimento possível é tirar a mão, aqueles segundos em que o ato involuntário acontece eximem qualquer responsabilidade, é seguro. Eu queria parar no tempo diante de uma situação dessas; uma emoção tão forte a ponto de se sobrepor a nossa razão; alguns segundos em que não houvesse escolha. Preciso sentir desesperadamente, cansei-me dos ciclos; dor, êxtase, raiva, ódio, qualquer coisa que me coloque entre dois pontos, que me tire do nada e me coloque em alguma coisa, em algum lugar; mas não quero emoções velhas; quero sentir tão fortemente a ponto de acabar com o meu corpo físico, como o lápis, que é consumido a medida que exerce sua finalidade. Qual será a minha finalidade? Eu sempre sonhei que havia mais, que tudo tinha uma certa ordem, mas tudo desabou. Nada mais é compreensível. Isso me matou. Nasci e morri várias vezes, mas hoje não consigo nascer de novo. Não consigo existir, nem ao menos para mim mesmo. Estou num estado de anergia. Há uma parte de mim que ainda permanece, mas é muito pouco. Apenas espero...espero que qualquer coisa ocorra, mesmo o fato mais casual e destrutivo para me fazer sentir diferente, pra eu me iludir mais um pouco que existe alguma ordem. Preciso de ordem, de exatidão, por mais dolorosa que ela seja; queria alguma razão para fazer isso, mesmo que seja uma mentira.


Há algo dentro de mim que quer ocorrer. Depressa! Antes que as coisas apodreçam ainda mais. É possível aprender a lidar com as situações, adaptação. Assim como um organismo infectado adapta-se para conviver com seu parasita, para continuar vivo... nosso organismo prefere conviver com as lesões e patologias pelo maior tempo possível do que não fazer nada e morrer instantaneamente. Também nos adaptamos para prolongar nossa sanidade, se é que ela existe, mas com isso vamos perdendo nossa arquitetura, nossa integralidade, cada dia some um pouco, até que tudo muda, há vida, mas é muito mínima...


Quero dormir e acordar no paraiso....

32 comentários:

Ulisses Freire disse...

Tantas palavras e frases se encaixaram hoje comigo!

Parece até que vc conversou comigo antes de escrever...
Perfeição!

^^

CG FILM PICTURES disse...

Adorei o texto, gostoso de ler e de fácil entendimento, vc escreve muito bem.
Beijinhos de Rozangela Melo
Se quiser retribuir a visita, fique á vontade...
Fazemos cinema amador
Visite nosso blog
www.cgfilmpictures.blogspot.com

sabrina disse...

cara,te juro que palavras difíceis me dão dor da cabeça....shaushua,brincadeira...legal esse post,se quiser dá uma passada lá no ETCetera

www.etcetera.blogueiros.net

Relatos disse...

Deyvid,
Gostei do seu blog!
Post um pouco depressivo ,mas muito bom.
Abraço

Metanergistas disse...

Não faz muito meu estilo, mas gostei do jeito que foi escrito.
Parabéns.
Abraços
-----------------
http://metanergistas.no-ip.org

Jeh Almeida disse...

Faço minhas as palavras do Ulisses...
Ai amoor...
noossa vida está entrelaçada até nissoo..
:/

Tá liindo

Iskander disse...

õõõõ, txi bunitenhow! layout bacana cara, mas o seu banner tá com um pequeno detalhe, dimensões diferentes... dá uma ajeitada que fica show!

aqbração! (Nessullius)

SUSANA disse...

" Há algo dentro de mim que quer ocorrer. Depressa!" É exatamente essa a impressão que tenho. Qualquer dia esse algo ocorre (que medo que dá!).
Boa semana.

Nayara disse...

perfeito o post!!!1
adorei o post

BRUNO disse...

Muito bom seu espaço Deyvid, que bom que o encontrei, é sempre bom encontrar blog de um escritor sincero.

Parabéns!


http://tempo-horario.blogspot.com/

Abraços!

BRUNO

Táta disse...

também não sei qual é a minha finalidade. mas espero que seja menos mecânica que a de um lápis.

(Didixy) Conquistadores disse...

Acho que nossa finalidade aqui na Terra, a exata nunca saberemos, mais nosso objetivo é ganhar uma passagem para o ceu.

João Cappello disse...

"queria alguma razão para fazer isso, mesmo que seja uma mentira."

o conceito de verdade ou mentira só depende da nossa fé. O que é a realidade além de algumas mentiras que acreditamos e tornamos reais?

a finalidade está no amor. este distrai a nossa mente e não deixa tempo ou espaço para dúvidas. o problema é que temos medo de amar, pois não sabemos trabalhar muito bem com esse sentimento, ou até mesmo não o reconhecemos várias vezes.

Acorde e construa o seu paraíso.Dormindo o máximo que você consegue é sonhar.

Magoo disse...

"Também nos adaptamos para prolongar nossa sanidade, se é que ela existe, mas com isso vamos perdendo nossa arquitetura, nossa integralidade, cada dia some um pouco, até que tudo muda, há vida, mas é muito mínima..."

Que sintese!! PARABÉNS!
.
http://bloggalemdoqueseve.blogspot.com/
.

fElIp£ disse...

amei seu texto
todos nos temos um momento de anergia, eu estou assim
perdido em mim msm
mas nos encontramos um dia
entra no meu blog, so clicar no meu perfil

parabens continue escrevendo

Fernanda disse...

Blog visualmente lindo! Você escreve bem, Deyvid; gostei especialmente das frases "Estou num estado de anergia" e "Há algo dentro de mim que quer ocorrer" -- estilisticamente muito interessantes!

Beijos e sucesso no blog!

Philipe disse...

Parabens pelo blog

Thiara Pagani disse...

Obrigada pela visita no eu blog, e parabéns pelo teu!

Me identifiquei bastante com o texto.

"Há algo dentro de mim que quer ocorrer. Depressa! Antes que as coisas apodreçam ainda mais."

Vou linkar!

vitoria disse...

adorei teu blog! vc escreve super bem
parabéns!
beijoss
http://vitoriaviana.blogspot.com/

avassaladorasrio disse...

Querido amigo avassalador...
sempre há mais do que queremos e encontramos... esse mais habitará pra sempre nosso imaginario. Sempre no horizonte...O paraiso está dentro do seu inferno e vice-versa

Lady T disse...

Muito bom o seu post!!
Vc está de parabéns,viu?
Sucessos
beijos


http://king-of-notebook.blogspot.com

Minnie_ disse...

Mas que belo!!!
Muito, muito perfeito o que você escreveu. Todos nós desejamos essa emoção suprema, descobrir a nossa finalidade. O que mais me surpreende é que no final das contas, a razão é quem nos leva até ela,assim como só é possível subir uma escada se há a certeza de cada degrau está em seu lugar.
Gostei muitíssimo do que vc escreveu.

Da sua seguidora a partir de agora,
Um beeijo!

Diogo Stanley disse...

muito bom o texto e o blog tambem

se quizer rir depois http://diogostanley.blogspot.com/

lucy disse...

essa vontade de se adaptar que temos é pra evitar sofrimentos, nao queremos ser deslocados, mas aos poucos percebemos que perdemos nossa essencia....nao somos mais os mesmos.

http://becodaspalavras.wordpress.com/

ktuh disse...

Vamos lá!

A segurança de qualquer ato, como o exemplo que você deu parte do não conhecimento de falha... Se você tiver conehcimento de que o objeto está quente vôce nao vai colocar a mão de sopetão.

Tá o que isso representa no meu entendimento?

Wuando a gente nao tem conhecimento dos riscos ... A entrega é mais solta .. mais livre. É a ausência de medo entende?

E como um organismo que luta contra lesões e corpos estranhos ... é natural do ser humano ter esperança de melhoras e mudanças... O louco só permanece louco porque quer encontrar a lucidez... O organismo só resiste porque acha que vai curar.

Tá, é isso não sei se você cosneguiu entender, atpe eu achei meio confuso o que disse.

Abraço

blogdoinho disse...

Ótimo texto, você sabe expressar-se muito bem!

Filippe. disse...

queria acordar no paraiso.

T disse...

também quero me encaixar entre tais pontos, e ali manter - me.
me aconcheguei aqui.
tão bom.
escreva mais! não pare!

Leo Pinheiro disse...

Notei que o apodrecimento dos sentimentos é uma questão recorrente para vc.

Tem a ver com amadurecimento?

Sim, já disse isto no outro post. Mas, lembre-se que o virgem tb pode ser podre e que o experiente pode se manter incólume.

O homem opta. Não é obra do acaso.

Hernani Rodrigues disse...

Vlw Deivid,tento expressar em minhas palavras minha juventude vivida em tristezas de alegrias...
E vc?
escreve crônicas?
Muito interessante e intrigante sua postagem!
Parabéns!

El Corino disse...

Quero dormir e acordar no paraiso....

esse desejo faz parte do senso comum...

Jeneffer disse...

..Legal

"E como um organismo que luta contra lesões e corpos estranhos ... é natural do ser humano ter esperança de melhoras e mudanças... O louco só permanece louco porque quer encontrar a lucidez... O organismo só resiste porque acha que vai curar"

...meio contraditório...
"O louco..." é pode ser dependendo de "como vc vê" as coisas a sua volta..O "louco" busca lucidez dentro de sua "loucura"?
"O organismo..." Claro c/ td a certeza de que o organismo luta contra toda e qualquer ameaça, fazendo assim uso do processo de cura.
...tudo dentro da forma literal, qto a um contexto geral... cada um interpreta de um jeito, mas a post por si é bem interessante...Se for p/ dizer td que penso a respeito, ficaria aqui até amanhã...rs mas seria chato ñ ter uma revidação imediata...seria apenas as minhas idéias contra minhas idéias ¬¬°...rs